Forum dedicado aos PBFs (Play By Forum) que consiste em jogar RPG via fóruns - Logo por Rafael Capella
 
InícioPortalCalendárioFAQBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se

Compartilhe | 
 

 Tudo sobre os personagens!

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
Bane Reaver
T-Rex
T-Rex
avatar

Número de Mensagens : 275
Data de inscrição : 21/04/2009

MensagemAssunto: Tudo sobre os personagens!   Dom Maio 03, 2009 10:49 pm

É gente, aqui vocês postam a história de vocês, perfil psicológico e postam suas fichas!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Camilo
Meio Dragão
Meio Dragão
avatar

Número de Mensagens : 485
Idade : 29
Localização : Rio de Janeiro
Data de inscrição : 08/12/2008

MensagemAssunto: Re: Tudo sobre os personagens!   Dom Maio 03, 2009 11:17 pm



Nome: Urlock
Jogador: Camilo
Idiomas: Comum e Gigante
Classe: Bárbaro 2 / War Hulk 8
Raça: Ogro
Tendência: Caótico e Bom
Tamanho: Grande
Sexo: Masculino
Idade: 20
Altura: 3 m
Peso: 170 kg
Olhos: vermelhos
Cabelos: pretos
Pele: marrom escura
Iniciativa: +3
CA: 30 (12 toque) (27 surpresa)
PV: 197
Bônus base de ataque: +5
Deslocamento: 12 m
mod de hab + mod base + outros = total
Fortitude: 8 + 13 + = 21
Reflexos: 3 + 3 + = 6
Vontade: 0 + 3 + = 3
Nível: 10 (+6)
Bônus ataque corpo a corpo: +27
Bônus de ataque a distância: +8
XP: 120000/136000

ATRIBUTOS/MODIFICADORES:
> Força: 54/+22
> Destreza: 16/ +3
> Constituição: 26/ +8
> Inteligência: 10/ 0
> Sabedoria: 10/ 0
> Carisma: 6/ -2

TALENTOS:
Ataque poderoso,
Trespassar,
Empunhadura primata,
Fúria instantânea,
Fúria adicional

ESPECIAIS:
Visão no escuro 18 m,
Movimento rápido,
Analfabetismo,
Fúria 3/dia,
Esquiva Sobrenatural,
No time to think,
Great swig,
Mighty rock throwing,
Mighty swing,
Sweeping boulder,
Massive sweeping boulder,
Toughnees

PERÍCIAS:
grad + mod + outros = total
Escalar 8 + 22 - 3 = 27
Intimidar 10 + 22 + = 32
Natação 8 + 22 - 3 = 27
Saltar 8 + 22 - 3 = 27

ARMAS:
Espada Larga Enorme +28 dano: 4d6+34 Dec: 19-20/x2 Velocidade, anti criatura (+2 ba, +2d6 dan)

PROTEÇÃO:
Armadura de batalha de Mitral +5 CA: +13 Des: +3 Penal: -3

ITENS:
Asas Voadoras, cinturão da força de gigante, amuleto da saúde, luvas da destreza, anel de sustento
Mochila com cantil, poções: Resistência 10 à ácido(2), fogo(2), frio(2), eletricidade(2); cura moderada(6); respirar na água(1)

CARGA:
45 kg

DINHEIRO:
PL: 54
PO: 8
PP:
PC:

Asas Voadoras -54000
Espada Larga -50500 Enorme, OP, velocidade, anti-criatura, +1
cinto de força +6 -36000
Armadura de Batal -37000 Grande, OP, mitral +5
Amuleto da saúd +6 -36000
Luvas da destre +6 -36000
anel sustento -2500
poção resist. (Cool -2400
cura fer. mod (6) -1800
resp na água -750
mochila de carga I -2500

CARGA:
> Leve: 1600 Kg
> Média: 3200 Kg
> Pesada: 4800 Kg

HISTÓRIA:
Urlock quando ainda era filhote foi capturado para ser usado como escravo por humanos. Apesar de muito novo ele era extremamente forte e fazia o trabalho de cinco homens. Porém, tanta força o fazia difícil de ser mantido preso e mais ainda de ser obrigado a fazer serviços indesejáveis. Por seu comportamento extremamente selvagem e temperamento explosivo, seu preço caiu muito. Nenhum homem em sã conciência teria uma criatura daquela como escravo.

Porém a força do monstro chamou a atenção de um viajante. Era um sócio da maior arena de lutas e jogos do império. Na arena haviam muitos ogros, mas nenhum se comparava a esse jovem ogro. Ele levou a criatura para a arena com a ajuda de um mago que o mantia desacordado. Na arena Urlock teve seu primeiro desafio, que lhe garantiria destaque entre as atrações, e em consequência maiores benefícios, como comida e bebida. Ele foi posto na arena para lutar contra vinte homens. Eram todos prisioneiros que estavam ali para cumprir sua sentença. Ao primeiro instante Urlock ficou acoado pela quantidade de pessoas na platéia, mas logo se deu conta quando viu lanças sendo jogadas para sua direção. Elas cravavam sua carne lhe causando muita dor, e não paravam de vir. O público não parava de aplaudir tal sanguinolência. Ele era a presa ali, com certeza.

Foi quando ele sentiu a morte próxima que o sangue subiu a sua cabeça e ele partiu para cima dos homens. Sua fúria era tanta que eles tiveram seus corpos totalmente estraçalhados. O público ficou espantado por um momento, mais logo voltou a aplaudir e gritar. Ainda furioso Urlock parte para cima da platéia escalando em segundos um muro de quase cinco metros, mas o mago age rapidamente para paralizá-lo.

Após anos na arena, quando Urlock fazia muita fama, ele começou a mostrar não suportar a falta de liberdade. Aos poucos o dono da arena dava-lhe mais benefícios e ele ficava cada vez mais ambicioso. Com anos de concício entre os humanos ele já não era tão burro como outros ogros. Percebendo que não teria nunca a liberdade que queria ele fugiu numa noite para as montanhas.Lá ele encontra um gigante solitário que estava velho já. O velho mostrava uma técnica surpreendente de combate e Urlock se interessou. Ele passou um tempo aprendendo os ensinamentos desse velho gigante.

Ele agora estava muito mais forte doque já foi e queria conhecer muitas outras coisas. Ele conheceu um grupo de aventureiros que o acolheram como um "mascote". E logo percebeu os benefícios de se aventurar. Com o tempo foi juntando ouro, prata, e até itens mágicos que só o faziam cada vez mais forte. Se especializou em combater dragões, que guardavam muitos tesouros e ainda garantiam ótimos pagamentos dos possíveis contratadores.


Última edição por Camilo em Qui Maio 21, 2009 11:33 pm, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Furia
Velociraptor
Velociraptor
avatar

Número de Mensagens : 122
Data de inscrição : 30/04/2009

MensagemAssunto: Re: Tudo sobre os personagens!   Seg Maio 04, 2009 12:31 am

Bom preciso da aprovação do léo se posso jogar com uma criatura de ajuste +8. Se sim postarei em breve a ficha xD

ahh bem deixa aki de qualquer maneira




Kyosuke Shinoda
Monge
Deva Astral(anjo)
8º nivel (NEP16)
Bom/Leal

Altura 2.25



FOR-32(38 )+14
DES-25(31)+10
CON-20(20)+5
SAB-24(30)+10
INT-18(18 )+4
CAR-20(20)+5


PV 88
---------------------------------

CA 46
-Base 10
-Classe 1
-Natural +3
-Des 10
-Sab 10
-Armadura Arcana+4
-Deflexão+8
---------------------------------

BBA +6/+1
Rajada +5/+5/+0

CC +20/+15 ou +19/+19/+14

Ataque desarmado - 1D10+14
---------------------------------

VON- +6+3+2=11
REF- +6+3+2=11
FOR- +6+2+2=10

---------------------------------

-Caracteristicas Especificas
*Redução de dano 10/mal
*Visão no Escuro 18m
*Imunidade Acido/Frio/Petrificação
*Aura de Proteção
*Resistência a Eletricidade e Fogo 10
*RM 30
*Esquiva Sobrenatural(não pode ser flanqueado a não ser por Ladinos 16+ e flaqueia personagens com essa Habilidade como ladino 12+)
*Atordoamento(Maça)
*Armas Naturais consideradas Sagradas(para redução de dano)
*Idiomas

-Habilidades Similares a Magia
/a compilar

-Talentos De Monge
*Deslocamento +20m |Andando|=35m |Voando|=30m
*Ataque Desarmado
*Rajada de Golpes
*Ataque Atordoante
*Reflexos de Combate
*Evasão
*Mente Tranquila(+2 contra magias de encantamento)
*Ataque Chi
*Queda Suave 24m
*Pureza Corporal
*Desarme Aprimorado
*Integridade Corporal


-Talentos de Personagem

*Esquiva(+1 de ca contra oponente escolhido)
*Mobilidade (+4 ca contra ataques de oportunidade)
*Ataque em Movimento(mover-se antes e depois sem gerar ataque de oportunidade do defensor)



Pericias- 72

Acrobacia 19
Arte da Fuga 4
Escalar 3
Natação 3
Equilíbrio 11
Esconder-se 0
Furtividade 0
Ouvir 5
Saltar 19
Observar 4
Sentir Motivação 4


Equipamento


Bandana da Excelência Suprema 180k
Braçadeiras da Armadura+8 64k
Anel da Armadura Arcana CA+4 12k
Manto da Resistencia +2 4k






Nascido nos planos astrais e criado para o combate Kyosuke, filho de Lokine Deus da Força, fora feito para nada além da vitória. Mandado a Matter para conquistar a Glória e demonstrar o poder de seu deus provando sua força. Kyosuke desde que chegara a Matter se acostumara a combater os mais fortes e buscar o poder atraves dos próprios punhos.Lá ele se juntou a um grupo de aventureiros com os quais enfrentou varios perigos e provou seu valor e adquiriu confiança e a amizade do grupo.Sempre abençoando a todos durante as batalhas e admirando a força de seus companheiros. Se dando melhor com Urlock, pois o mesmosegue os precedentes de seu Deus, se divertindo ao combater ao lado do Ogro.


Última edição por Furia em Ter Maio 26, 2009 1:49 pm, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Falk
Deus Dragão
Deus Dragão
avatar

Número de Mensagens : 1207
Interesses : Assistir animes, Jogar RPG, Ouvir Metal e Digitar Histórias
Data de inscrição : 08/12/2008

MensagemAssunto: Re: Tudo sobre os personagens!   Seg Maio 04, 2009 7:17 pm



Nome: Splinter
Idiomas: Comum
Classe: Monge 12
Raça: Homem Rato
Tendência: Bom e Leal
Divindade: -
Tamanho: Médio
Sexo: Masculino
Idade: 30
Altura: 1,50m
Peso: 45Kg
Olhos: Amarelos
Cabelos: Cinzas
Pele: Coberta por pelos
Iniciativa: +10
CA: 31 (+10 Destreza +5 Sabedoria +3 Armadura Natural +3 Monge)
PV: 107
Bônus base de ataque: +9/+4
Deslocamento: 21m
mod de hab + mod base + outros = total
Fortitude:(+3)+(+10) + 0 = +13
Reflexos: (+10)+(+10) + 0 = +20
Vontade: (+5)+(+10) + 2 = +17
Nível: 16
Bônus ataque corpo a corpo: +19
Bônus de ataque a distância: +19
XP:

ATRIBUTOS/MODIFICADORES:

> Força: 10 (+0)
> Destreza: 31 (+10)
> Constituição: 16 (+3)
> Inteligência: 10 (+0)
> Sabedoria: 20 (+5)
> Carisma: 10 (+0)

TALENTOS:
> Vontade de Ferro [Licantropo]
> Acuidade com Arma [Rato Atroz]
> Prontidão [Rato Atroz]
> Ataque Desarmado [Monge]
> Ataque Atordoante [Monge] (12x Por Dia, CD 21 de Fortitude)
> Desviar Objetos [Monge]
> Desarme Aprimorado [Monge]
> Superior Unarmed Strike [Humano] (Dano como um monge de 4 níveis superior) [Tome of Battle]
> Flexible Mind (1º Nível) (DR326 p80) (2 Perícias tornam-se de classe, e recebem +1 de bônus, o personagem fica com uma aura caótica igual ao seu DV)
> Foco em Usar Instrumento Mágico [3º Nível]
> Arma Natural Aprimorada (Ataque Desarmado) [6º Nível]
> Ofensive Metered Foot] [9º Nível] (DR337 p97) (Escolha um oponente como ação livre, toda vez que você acerta-lo, ganha +1 nas jogadas de ataque para acerta-lo (Max. +5), quando você o errar, os bônus são zerados)
> Axiomatic Strike [12º Nível] (Antes de atacar você pode declarar ao custo de uma utilização do ataque atordoante, que irá dar +2d6 de dano em um oponente caótico) (Complete Warrior pag 96)




TALENTOS DE CLASSE:
> Rajada maior
> Evasão Aprimorada
> Mente Tranquila
> Ataque chi (Mágico e Ordem)
> Queda Suave 18m
> Pureza Corporal
> Integridade Corporal (24Pvs)
> Corpo de Diamante
> Passo Etéreo

TALENTOS RACIAIS:
> Talento Extra
> Perícia Adicional
> +6 em Destreza, +2 em Constituição e +2 Sabedoria
> Visão na Penumbra
> Faro
> 1 DV adicional, +2 Fortitude, Reflexos e Vontade, BBA +0
> Empatia Licantrópica (Nota: Retirei Alterar Forma e Maldição da Licantropia por causa do meu BG, se não permitir é só falar)
> Redução de Dano 10/Prata
> +3 Armadura Natural, Garras 1d4, Mordida 1d6, Talentos do animal
> Vontade de Ferro Adicional
> Doença (Febre Imunda)
> +8 em Escalar e Natação, sempre pode escolher 10 nestes testes e usa o modificador de Destreza ao invés de força

PERÍCIAS
Rato (3+0)x4 = 12
Monge (5+0)x12 = 60

HAB+GRA+OUT=TOT

Acrobacia 10 + 16 + 0 = 26
Concentração 3 + 6 + 0 = 9
Conhecimento (Arcano) 0 + 16 + 0 = 16
Equilíbrio 10 + 0 + 2 = 12
Escalar 10 + 0 + 8 = 18
**Identificar Magia 0 + 16 + 3 = 19/21 para pergaminhos
Natação 10 + 0 + 8 = 18
Observar 5 + 2 + 2 = 9
Ouvir 5 + 0 + 2 = 7
Saltar 0 + 0 + 2 = 2
**Usar Instrumentos Mágicos 0 + 16 + 4 = 20/22 para pergaminhos

** ==> Ganhos com Flexible Mind

ARMAS: Bonus de Ataque / Dano / Decisivo / Alcance / Tipo / Peso
Ataque Desarmado +23 | 4d8+1d6+4 | 20x2 | - | Conc | -

PROTEÇÃO: Bonus na CA / Bonus Max. de Des. / Penal de Armadura /
-

ITENS | Peso | Custo
Eternal Wand de Mighty Wallop, Greater (Item: Magic Item Compendium Pag. 159 e Magia: Races of the Dragon Pag. 115) 10900PO
Eternal Wand de Aumentar Pessoa 820PO
Eternal Wand de Armadura Arcana 820PO
Eternal Wand de Escudo Arcano 820PO
Eternal Wand de Proteção contra o Mal 820PO
Cinto do Monge | 0,5Kg | 13000PO
Luvas da destreza +4 | 0,5Kg | 16000PO
Necklace of Natural Weapons (Savage Species) +4, Anti Criatura (Dragão) +1, Velocidade +3 e Sagrada +2| 200600PO | 0,5Kg
Botas Aladas 16000PO (Só pra ficar maneirinho, eu posso substituir as botas por uma faixa que se amarra nos pés? É só efeito visual mesmo, Rato usando botas é feioso)
4 Poções de Cura Leve 200PO
Bordão 0PO | 2Kg
Cantil 1PO | 2Kg
Algibeira 1PO | 0,25Kg

DINHEIRO:

PL: -
PO: 18
PP: -
PC: -

CARGA: 5,75Kg

> Leve: 16,5Kg
> Média: 17Kg - 33Kg
> Pesada: 33,5Kg - 50Kg

Splinter foi achado por crianças no esgoto de uma cidade, para elas não passavam de um rato diferente que serviu pra diversas brincadeiras, elas colocaram um nome nele: Splinter. Logo um monge andarilho passou pela cidade e viu como as crianças judiavam daquele ratinho, e fez questão de livrar a criatura delas, dando um belo esporro nos guris perversos. Mas aquilo não adiantaria muito, o monge que se chamava Albert, percebeu logo de que ele não se tratava de um rato comum, tinha um brilho nos olhos diferente... Sabendo que o destino daquele pequeno seria a judiação e a morte, o monge o carregou consigo em suas viagens.
Splinter, apesar de tudo tinha um bom coração, mas era muito imperativo, não gostava de regras e nem de disciplina, o que incomodava bastante o monge doutrinado, mesmo assim, Splinter imitava os movimentos que observava de Albert quando ele precisava lutar para se defender em suas viagens, o rato tinha uma fome por aprender, e quando viu um dos inimigos de Albert jogando uma bola de fogo das mãos, ficou fascinado, aquela magia era linda para o pequeno ratinho, e ele cismou que queria aprender aquilo, Albert disse que ele não seria capaz, mas o rato colocou aquilo na cabeça, queria ser um mago.
Com as coisas que Albert tomou do mago maligno, o rato começou a estudar sozinho, e com pergaminhos e varinhas tentava usa-los a todo custo, mas sem sucesso, o rato não era tão inteligente para conseguir dominar esta arte, mas mesmo assim ele perseverou, e esta atitude impressionou Albert.
Um dia, depois de anos, Splinter conseguiu usar a varinha que o mago carregava, e jogou um míssil de energia no ar, Albert ficou impressionado com a capacidade de autosuperação do ratinho, e disse que iria achar um mestre de magia para ele.
Cidade por cidade, ninguem quis aceitar o ratinho como discipulo, diziam que ele era uma peste imunda e só traria desgraça as pessoas, as pessoas diziam que ele era um licantropo, mas ninguem conseguia explicar o fato de ele aparentemente não ter uma forma humana, isso foi o maior impercílio na vida do ratinho, ninguem iria pega-lo como discipulo daquele jeito. Albert, vendo que Splinter não conseguiria se tornar um mago, disse que iria treina-lo do jeito dele, de uma forma que ele mais se aproximaria de usar magia.
O pior problema de Splinter era sua falta de disciplina, e levou anos para que Albert conseguisse passar os preceitos de honra, disciplina e concentração que um monge precisa, com o tempo, Splinter foi perdendo aquela sede extrema por magia, e se concentrou em buscar a perfeição de seu corpo. Splinter levou muitos anos, mas conseguira concluir seu treinamento com Albert, e ele como seu mestre, ordenou o mesmo que o mestre dele ordenou a ele, partisse sozinho em peregrinação pelo mundo, em busca de aperfeiçoamento.
Porém Splinter ainda tinha uma faísca de desejo para aprender magia, e ao longo de sua jornada foi comprando livros, estudando arcanismo em bibliotecas, sendo um auto didata sobre os caminhos místicos, e acabou por deixar parte da sua peregrinação de lado para virar um expert em arcanismo, mesmo que não pudesse manipula-lo sozinho.
Um dia, Splinter descobriu que o seu mestre havia sido morto, ficou chocado, soube que ele tinha morrido defendendo uma vila de um dragão vermelho, muito triste, o rato resolveu ir de encontro a esse dragão e completar a tarefa que seu mestre tentou fazer antes de morrer, foi um grande erro, deixou que seus sentimentos sobressaissem sobre sua razão.
Por pouco o rato sobreviveu, teve que fugir quando viu que aquele dragão era um oponente muito forte para ele. Foi quando ao retornou a vila, e soube que eles tinham contratado um grupo de caçadores de dragões. Splinter logo se ofereceu para ir junto com eles, e juntos ele puzeram um fim aos atos malignos daquele dragão vermelho. Splinter se sentiu honrado, havia completado o objetivo de seu mestre, e nos tesouros do dragão, encontrou muitas coisas mágicas, que o rato nunca pensou em encontrar na vida, o grupo permitiu que ele tivesse alguns, e Splinter admirando o trabalho daquelas pessoas, se ofereceu para ir junto com eles, desejava conhecer mais sobre aquelas criaturas místicas e é claro, encontrar coisas mágicas formidáveis.
Desde então Splinter se reuniu ao grupo, não sendo nem de longe o melhor combatente entre eles, mas sendo um especialista em arcanismo que passou a conhecer profundamente os dragões e tambem sobre arcanismo.

_________________


Última edição por Falk em Qua Maio 06, 2009 10:14 am, editado 2 vez(es) (Razão : Substitui o aprimoramento no Necklace, de Sagrada pra Velocidade, retirei 1 de bonus de melhoria e Screaming pra por Sagrada)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://lizardslairrpg.forumeiros.com
Bane Reaver
T-Rex
T-Rex
avatar

Número de Mensagens : 275
Data de inscrição : 21/04/2009

MensagemAssunto: Re: Tudo sobre os personagens!   Seg Maio 18, 2009 9:45 pm

Dave [Dave é o parceiro da Mandhy, ela comprou liderança, ele é um feiticeiro/privilegiado/teurgista místico] - depois segue a ficha




A história de Dave começa mais de mil anos antes de seu nascimento, quando no covil do poderoso Kthuraliscos, ele, em sua forma humana, amou Arlhena.
A criatura era poderosa, trazia o coração de um paladino e escamas douradas. Atuante em todo tipo de luta contra o mau que pode, fez centenas de inimigos e salvou incontáveis vidas.
Kthuraliscos encarava todo ato maligno como uma ofensa pessoal, punindo um vilão de acordo com o crime cometido e com o seu senso de justiça.
O dragão era um campeão, mas por diversas vezes atraiu raiva de outros da sua espécie, pois iniciada a busca de um criminoso chegava a invadir territórios de outros dragões. Por diversas vezes atraiu a atenção de divindades malignas e seus servos.
Mas o dragão se tornava cada vez mais poderoso, começava a transcender os limites de sua raça, mas não lhe restava mais tempo, e este glorioso campeão acabou envelhecendo e morreu.
Entretanto, a semente de Kthuraliscos foi passada adiante no ventre de Arlhena, e por anos eles viveram em paz. Até que foram encontrados por inimigos do antigo dragão, a mulher foi morta e os filhos escravizados. A prole de ouro foi mantida cativa por muitas e muitas gerações, a origem daqueles filhos e filhas de Kthuraliscos foi omitida e perdida.
Tanto tempo se passou que os filhos e filhas daquele dragão perderam as características raciais da criatura. Agora eram apenas humanos normais.
Foi quando o antigo culto foi descoberto, e os descendentes de Kthuraliscos finalmente foram libertados, no entanto, aquele povo nunca soube a verdade.
Dave era muito novo quando esse evento ocorreu, toda a família de descendência dracônica foi levada para uma cidade de médio porte, foram educados e poderiam começar uma vida nova ali. Não seria possível esquecer as torturas e maus tratos, mas eram promessas de tempos muito melhores que estavam por vir.
Dave tinha sonhos estranhos, sonhos com um réptil imenso, ele era forte e bom, e destruía o mau por onde passava, e a criatura falava com Dave, ensinava tudo que podia, ensinava o garoto sobre seus poderes, sobre as origens da magia, sobre o bem e o mal.
Até o momento o garoto era ignorado quando falava de seus sonhos, até demonstrar o poder que possuía, assustando seus pais. Que sem saber o que fazer buscaram ajuda dos magos e clérigos, mas eles não podiam ajudar muito o jovem, pois apesar de saber manipular poderes arcanos e divinos, ele não era nem um mago nem um clérigo. Sabia o que fazer de forma tão intuitiva, de forma tão simples.
Então o garoto trilhou um caminho solitário de auto-aperfeiçoamento. Através de seus sonhos, Kthuraliscos dizia ao jovem como controlar o que crescia dentro dele. Anos passaram e viam Dave como uma figura exótica, com desconfiança, apesar de suas sempre boas intenções.
Quando Dave se tornou forte o dragão deu uma pista para o jovem seguir, esta busca demorou anos, mas explicou a Dave sua origem, o porque de seu cativeiro, e a origem de seus poderes. A injustiça foi grande demais para o jovem, e ele prometeu naquele dia que seguiria os passos do dragão, que nenhum mal estaria impune a seu lado. Abandonou sua família sem nada dizer e conseguiu formar um grupo, com outros indivíduos que mostravam motivações parecidas com as suas, mas sempre se desapontava com seus companheiros humanos.
Buscou mais uma vez isolamento, e dessa vez trilhou um caminho mais difícil, mais longo, mas engrandecedor. Rompeu a fina linha entre os poderes divinos e arcanos, não caminhava mais por caminhos separado, caminhava nos dois caminhos ao mesmo tempo.
Foi quando em seu isolamento, conheceu uma criatura encantadora, ela era uma fauna, não uma fauna convencional, pois em algum momento da história uma criatura celestial se apaixonou por algum antepassado dela.
Ele podia confiar nela, via ela como uma igual, apesar das diferenças físicas. Decidindo, portanto, acompanhá-la.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Katsumi Liqueur
Meio Dragão
Meio Dragão
avatar

Número de Mensagens : 410
Idade : 28
Localização : Aqui! o/
Data de inscrição : 21/04/2009

MensagemAssunto: Delilah D''''Artigo   Qua Maio 20, 2009 11:49 pm

Delilah D'Artigo








A segurança de Amoria era levada a sério pelos Cervidais, que raramente deixavam tal local. Porém, aqueles três precisaram se ausentar. Feito o que precisava ser feito, um deles retornou ao seu plano natal para levar as boas novas, enquanto os outros dois foram visitar uma tribo de sátiros que os havia auxiliado para agradecê-los.

Independente da dupla ser do Elysium, eles e a tribo eram do tipo sátiros. No pouco tempo que permaneceram, envolveram-se com duas faunas que acabaram por engravidar. E, com o passar de gerações, toda a tribo tinha em seu sangue algo de celestial.

Delilah era ordinária em relação aos que a cercavam, lógico que se fosse comparada com algumas outras raças ou, mesmo, outras tribos de faunos, ela seria bela e sábia. No seu meio, era só mais uma. Seu vilarejo era composto por faunos e faunas exóticos, com sua pelagem, olhos e cabelos variando do branco leitoso a um cinza escuro, se bem que conformo o poder celestial ia se diluindo, alguns membros morenos e ruivos voltavam a nascer.

A fauna em questão cresceu com seu povo sem enfrentar nada de anormal, mas desde cedo que não combinava muito com a flauta e seu uso. Ela era mais selvagem que isso, a floresta estava em seu sangue, não o encantamento. Lógico que não haviam apenas bardos ali, muitos dos machos eram rangers que conheciam a floresta onde moravam muito bem, sabendo todos os seus truques. Mas Delilah também não se via desse jeito, a fauna estava mais ligada aos animais e a magia natural e divina que qualquer outra coisa.

Foi quando viajou a primeira vez, para buscar esse conhecimento. Não que não houvesse ali, mas por que se limitar só aquilo? Trillian a acompanhou, afinal estavam sempre juntos. O fauno era seu companheiro e isso bastou para que ele decidisse ir com ela.

Alguns poucos anos e muitas viagens até retornarem. Aí, sim, os dois que antes eram apenas membros da tribo, adquiriram um pouco mais de valor. Sobretudo Trillian, que se tornara mais forte e sábio que qualquer um de sua idade. Eles tinham voltado para seu lar sem nenhuma vontade de vagar novamente e os outros, sabendo disso, começaram a realmente pensar em colocar Trillian numa posição mais distinta dentro do clã.

E nisso, o tempo novamente avançou. Delilah se encontrava esperando um filho daquele que, eventualmente, se tornaria líder. A tribo estava feliz, o que era normal, nada parecia afetá-los negativamente. Nada até o pior acontecer. Dragões gostam de fadas. Em seu estômago. Faunos são fadas, mesmo maiores e mais fortes fisicamente, na essência... Bastou um ser monstruoso e vermelho para destruir todo um clã. Não que todos tenham morrido, quando o dragão os atacou. Porém os mais jovens, os mais fortes, todo o legado sucumbiu.


O pensamento principal da tribo era a reestruturação, mas havia aqueles que queriam vingança. Ah, se queriam. Infelizmente, eles não tinham a benção da ignorância e sabiam-se frágeis demais. Isso não impediu Delilah, viúva e sem carregar mais nada em seu ventre, de ir atrás do que queria.

Lógico que ela não foi só atrás da fera vermelha, sequer foi atrás dela. A questão era buscar conhecimento e poder e não apenas vingança. Tornou-se algo pessoal, enquanto viajava e adquiria mais conhecimentos sobre dragões, ir atrás de todos aqueles malignos. E também estava em sua veia Aasimar aquele tipo de “missão”. Participou de algumas caçadas aleatórias com grupos ainda mais aleatórios. Encontrou-se com nobres dragões, aceitando que existiam seres bons e maus, não podia odiar toda uma raça.

Conheceu um jovem humano que buscava também conhecimento, ele começou a acompanhá-la em suas andanças e procuras. Alias, além dos dois, seguiam duas bestas mágicas, dois companheiros animais. E a palavra companheiro dizia muito mais que apenas o “animal do druida”. Seres inteligentes, um até capaz de falar, ambos responsáveis pela não perda de sanidade, pelo não pulo no abismo da depressão ou loucura. Ukko, era um imponente grifo. E Mielikki, a bela loba das estepes que estava com Delilah desde que era um filhote.

Dave, na concepção da fauna, era um humano estranho. Até aceitava sua presença e gostava dela, mas tinha vezes que a presença de Ukko e Mie eram muito mais bem-vindas. Ele era mais belo do que deveria ser permitido, mas ao mesmo tempo tão frágil. Delilah acabou por se envolver com o humano, mas era um relacinamento que nunca descia muito bem por sua garganta, por melhor que ele fosse, não era de seu clã, não substituía o amor que acompanhara-a por boa parte de sua vida.

A fauna seguia com o grupo, mais ainda não tinha alcançado seu objetivo primordial. Seu ódio ainda clamava por vingança, mas ela sempre a adiava, imaginando que a besta era forte demais. Ela não poderia falhar em matá-la! Ah, poderia morrer para qualquer outro ser, menos para aquele dragão vermelho! Parte de si sabia que não era o poder do dragão que a afastava, mas o medo de enfrentar aquele que destruíra sua vida como ela conhecia. Para a sua tribo, cega no desejo de vingança, Delilah partiu. Mas até conseguir focar em se fortalecer e aprender, só ela e seus companheiros animais sabiam como tinha sido a lenta recuperação. Então, lógico que ela temia o dia que enfrentaria seu pesadelo.

_________________
ESTOU SEM COMPUTADOR E COM A CASA EM OBRA, POR ISSO A DEMORA. ¬¬'

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Sherikhan
T-Rex
T-Rex
avatar

Número de Mensagens : 156
Idade : 31
Data de inscrição : 22/04/2009

MensagemAssunto: Re: Tudo sobre os personagens!   Qui Maio 28, 2009 11:19 am



Ullr é um meio dragão e essa herança dracônica não é motivo de orgulho para o guerreiro que tem uma história conturbada com dragões e por isso tornou-se um caçador de sua própria espécie como muitos dizem.
Ullr não conhece muito bem o seu passado, ele sabe que seu vilarejo fora atacado por dragões cromáticos pouco antes de seu nascimento o que levou os humanos do local acreditarem que ele um sinal do mal, algo que levaria todos a destruição. Mas o que eles não sabiam é que Ullr era filho de um dragão de latão, uma das raças bondosas de dragões....mas eles eram humanos e dragão é dragão para eles e mereciam a morte.
Eles decidiram por matar o meio-dragão recém nascido, mas o ancião do vilarejo junto com a mãe de Ullr convenceram o restante das pessoas que ele poderia ser útil vivo e que poderia protegê-los de novos ataques, muitos não concordaram, mas era a palavra do ancião contra a deles e eles não ousariam ir contra isso.
Eles aceitam deixar Ullr vivo mas isso não quer dizer que eles gostariam do meio-dragão convivendo com eles ou que facilitariam sua vida. Ullr seria criado pelo ancião do vilarejo e mais tarde viria a descobrir que ele fora um grande matador de dragões no passado o que explicaria as inúmeras cicatrizes que ele possuía.
Ullr crescia rápido, era forte e inteligente e alguns diriam que ele carregava um pouco da sabedoria dos dragões, mas mesmo assim Ullr era odiado pelas pessoas do lugar....e isso fazia com que nascesse em seu interior um ódio por dragões que para ele eram os culpados por tudo isso...por sua vida ser o inferno que era. Mas Ullr tinha o ancião ao seu lado que lhe ensinou tudo o que sabia sobre os dragões,seus pontos fracos e fortes além de lhe tornar um mestre com a espada.
Quando seu treinamento fora terminado Ullr recebera as armas, armadura e os itens mágicos que um dia pertenceu ao ancião, ex caçador de dragões.
Ullr estava pronto para provar que não era como os dragões que antes de seu nascimento haviam devastado o vilarejo,pronto para se vingar e pronto para ser aceito pelos humanos que era o que ele mais almejava.
Ele parte, participa de algumas caçadas amadoras, mata alguns dragões jovens e vai ganhando experiência, até que um dia ele encontra caçadores inexperientes que haviam cercado um filhote de uma criatura dracônica....Ullr primeiro pensou em deixar de lado o que estava acontecendo, mas os gritos da pequena criatura e a covardia dos agressores mexeram com Ullr, que somente com sua presença assustou aqueles jovens que abandonaram suas armas e sairam gritando "DRAGÃO,DRAGÃO!!"
Ullr cria a criatura e passa chamá-lo de Shaar, que se torna o melhor amigo e companheiro dele além de uma ótima montaria alada.
Desde então Ullr faz parte de um grupo de caçadores de dragões que recebera uma notícia urgente de ataque de dragão e que deviam ir ao lugar imediatamente...isso deixava Ullr feliz,se dependesse dele ele mataria todos esses monstros.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Sagara
Velociraptor
Velociraptor
avatar

Número de Mensagens : 88
Idade : 28
Data de inscrição : 29/05/2009

MensagemAssunto: Re: Tudo sobre os personagens!   Qui Jun 04, 2009 1:22 am

A ficha vem depois...
Nome: Drath
Raça: Dragão de Prata



Um dragão de prata, criado em seu ninho, por dragões semi-deuses, antigos guerreiros das lendárias batalhas de uma era negra e sem lei...
Criado aos contos das histórias, sobre a época da guerra, e as lendas dos dragões cromáticos, sob histórias de brutalidades e crueldades sem iguais. Ao longo dos anos, foi adquirindo um asco, que ia além de sua naturalidade de um ser bom contra um ser mau... enquanto crescia, fazia viagens constantes a terra, ávido por histórias e conhecimento, a mágica, a força, as táticas, técnicas, e as guerras e histórias dos deuses, e sempre crescente um anseio por desbravar o mundo mais além dos limites do território de seus pais.
Numa de suas viagens ao continente, abaixo das nuvens, numa pequena cidade que cultuava à divindade boa dos dragões, estava "devorando" uma biblioteca no momento em que a cidade começa a ser atacada, por um dragão vermelho, bem jovem, ao passo que era bem cruel e sádico. Era uma cidade pequena, e sem muitas chances de defesa.
Vendo aquilo sentiu um ódio crescendo por dentro, e tomou sua forma real, travando uma batalha sangrenta contra o invasor... uma batalha sangrenta e não terminada... um grupo de aventureiros tomando partido do duelo, acabou por afastar o dragão vermelho, fazendo com Drath se sentisse subjugado, e um tanto desonrado.
A ira que se fez dentro dele tomou uma forma mais ampla e direcionada; queria o fim daquela batalha, como deveria ser, mano a mano, e um dia teria a sua vingança...
Essa batalha fez com que se afastasse de forma um tanto prematura do covil de seus pais, um tanto bem apoiado, já que seguia em boa parte os passos de grandes guerreiros, e saísse em busca do mundo, em busca do seu inimigo, e à caça daqueles que causassem mais dor a pessoas inocentes, principalmente se dragões. Passou a ser chamado em expedições para auxilio na caça das feras, até que conheceu um grupo de aventureiros bem adverso, e no qual achou que seria rapidamente bem recebido, já que havia um meio-dragão no grupo. Mas não aconteceu bem assim...
Na primeira partida com esse grupo, chamados por vias de um ataque numa vila, pediu atenção e compreensão de todos, quando revela-se sua forma, mas os aventureiros não gostaram do que viram... mesmo sabendo da bondade iminente a raça dos dragões metálicos, eles tiveram receios, e queriam somente terminar a missão para se desvencilhar do dragão no grupo. Mas com o decorrer da missão que fora longa, e houve momentos em que suas vidas dependeram da "fera" eles o aceitaram melhor, permitindo que ele continuasse unido ao grupo, já que tinham um objetivo em comum, e um foco em um bem maior.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
portuga
T-Rex
T-Rex
avatar

Número de Mensagens : 155
Data de inscrição : 29/04/2009

MensagemAssunto: Re: Tudo sobre os personagens!   Sab Jun 13, 2009 8:19 pm

Lokta Volterra – gigante de pedras, licantropo (adquiriu de forma hereditária)


Durante o amanhecer chovia muito e uma tempestade ainda maior estava por vir. Uma das mulheres do shaman estava para ter um filho com a ajuda da mulher do grande chefe e a parteira da tribo. Enquanto isso o shaman conjurava antigos rituais para que seu filho nascesse um vigoroso combatente ou um astuto shaman.
Quando a chuva se abrandou o parto chegará ao fim. O grande chefe se move em meio às casas tribais para dar noticias ao shaman, como um velho amigo ele desejava ser o ultimo naquela tribo a ter que dar esta noticia.

- Velho amigo, trago várias noticias... – Fala o Grande Chefe.
- Não faça cerimônia, minhas visões já mostravam um mau agouro para os acontecimentos de hoje.
- Sua mulher acabará de parir duas crianças e elas são os escolhidos em nossa tribo...
- Agora as más noticias – falava o shaman enquanto pegava seus materiais ritualísticas – preciso saber o que mais eu tenho que levar.

O grande chefe nunca vira seu amigo tão frio, sabia que por dentro a agonia daquela situação, fazia tremer de medo o velho sábio.

- Um de seus filhos morreu e também sua mulher. – falava enquanto observava o shaman se preparar – O que pretende fazer?
- Não posso deixar que o espírito de um dos escolhidos se vá. – Começa a falar quando sai da casa – seria o nosso fim...

A ida para a casa onde foi feito o parto foi quieta. Já estava claro, mas as nuvens negras no céu davam um tom ainda mais fúnebre para aquela manhã, que já fora tão esperada pelas lendas tribais. Chegando ao local onde estavam o corpo da mulher, o da criança com a marca no lado esquerdo do peito e a outra com a marca do lado direito estava no colo da parteira, chorando muito, era o único som que se ouvia em toda tribo. Sem falar nada, o shaman começa posicionando o corpo da criança morta e da que chorava dentro de um circulo feito de sal grosso e penas de pássaros raros, com isso o ritual começa.
Com algum tempo de cânticos espíritos da natureza se prostram próximos do circulo e o símbolo no peito da criança morta desaparece, logo em seguida seu espírito ainda sem forma aparente se mostra acima do corpo inanimado, o que o diferencia dos outros espíritos é o símbolo da força (uma pata de urso) brilhando em seu centro. O jovem espírito é manipulado pelas mãos do shaman até o corpo do bebê ainda vivo. O símbolo da força aparece ao lado do símbolo do espírito (uma garra de águia) no peito do bebê e ele para de chorar. Aquela manhã cinza será ocupada agora com os preparativos para a festa pela chegada do “salvador”. Lhe foi dado o nome de Lokta Volterra.
O garoto crescera amigo dos espíritos e mais forte do que as crianças de sua idade, como era esperado. Seus primeiros anos de vida foram cheios de pompas e mimos para se acostumar com o mundo material, quando esta andando e falando bem (bem mais rápido que as crianças normais) começou o treinamento. Onde seria treinado sobre seus poderes e na arte da guerra.

Alguns anos depois, o líder e o shaman de uma tribo troll que vivia nas montanhas entra na vila escoltada por guerreiros da nossa guarda e sendo seguido por toda população comum da tribo. O líder troll tinha em torno de 3,10m, sua pele era negra, estava vestindo uma armadura de couro e sua arma era uma grande foice, o shaman era bem mais baixo tinha 2,60m, sua pele era marrom escuro um pouco esverdeada, vestia roupas comuns mas com muitas folhas e penas presas a ela e andava com um cajado cheio de enfeites. O chefe se adianta.

- Vim para buscar minhas terras por direito e dar-lhes a chance de lutarem ao meu lado.

Lokta Volterra mudara muito estes anos na vila, ficará mais forte. Ele dá uma golada em seu cantil e se levanta falando:

- As terras que você julga ser suas estão sobre a proteção do meu povo a muito tempo e acredito que falo por todos aqui quando digo que não iremos nos aliar a porcos sanguinários como você em guerras sem sentido.
- Se não quer cooperar gigante podre então eu terei que conseguir por força. Desafio você para uma batalha até a morte, quem viver comanda a tribo do outro.
- Aceito, mas não preciso de seus fantoches sujos.

Lokta Volterra parte em investida contra o troll o acertando em cheio e assim a batalha começa. Logo Lokta percebe que as feridas do troll fecham a medida que ele bate. Ao ver que seu senhor está tendo dificuldades o shaman troll começa o à assistência-lo com magia, percebendo isso o jovem da um salto para traz e aponta a palma da mão em direção do shaman troll e grita:

-O shaman está interferindo, esses trolls nojentos estão trapaceando!

Dito isso, a guerra começa, gigantes de pedra e trolls começam a guerra. Lokta volta suas atenções para o chefe troll, que passa com a foice à poucos centímetros de sua cabeça. A batalha continua sem tender para nenhum dos dois lados. Vendo que a batalha não iria terminar se continuasse desse jeito, então grita:

- Antigos ursos, grandes portadores da força, emprestem-me seu poder para banhar este solo com o sangue de meus inimigos em seu nome.

Após esse grito que ecoa pela tribo, o corpo de Lokta começa a ser coberto por pelos marrons espessos, longas garras crescem de suas mãos, agora ele havia se transformado num híbrido, com as feições e o poder de urso junto aos seus, ele pega sua eapada. A batalha agora parece ter um ganhador, os ataques do Lokta acertam em cheio o troll impedindo-lhe de se curar tão rápido e seus ataques não acertam Lokta com tanta precisão, não causando muitos ferimentos.
O shaman troll vendo seu senhor estando prestes a perder, utiliza suas ultimas forças para lançar uma poderosa magia. De sua mão saem raios esverdeados que acertam em cheio o peito do Lokta. Após isso Lokta começa a flutuar alguns metros do chão com vários raios esverdeados o circundando, pelo seu rosto da para perceber a enorme dor que ele está sentindo. Quando o chefe troll chega perto para dar o último golpe ocorre uma explosão em volta de Lokta e quando ela cessa há dois Lokta atordoados no chão.
Um ainda híbrido, meio urso meio gigante e outro de tamanho normal e sem nenhuma arma. O troll percebe que ainda estão atordoados pelo raio e ataca o de tamanho normal fincando sua foice no peito do jovem, o matando na hora, o outro Lokta quando volta ao normal e se vê morto no chão fica enfurecido e parte para cima do troll. No primeiro ataque rasga a perna do troll, este finca a foice no ombro de Lokta que revida o ataque o empurrando com o pé, fazendo-o cair no chão e corta sua cabeça coma espada.
Olha ao seu redor e vê que todos da tribo estão no meio da batalha, enfrentando os guerreiros trolls, a tribo dos gigantes se fosse em outra situação, talvez até ganhasse com certa facilidade dos invasores, mais eles eram muitos e além disso estavam dentro de seu território, matando mulheres e crianças, os soldados gigantes não conseguiam se concentrar na batalha, e isso fazia com que um atrás do outro caísse, manchando o chão de vermelho.
Ao termino da batalha, apenas o escolhido sobrevivera, tendo visto toda sua tribo sendo dizimada, todos aqueles que conhecia sendo dizimados com os corpos espalhados pelo chão.

Lokta entra em sua tenda, lá dentro ele se faz várias perguntas, mas nada acontece. Lokta percebe que sua marca do espírito desapareceu e que o corpo a sua frente a possuía. Ficou durante horas sozinho com seus tormentos e duvidas cada vez maiores. Furioso com tudo aquilo e com o coração abatido, sem ninguém para obter respostas, Lokta decide viajar pelo mundo para lutar contra o mal.

Então Lokta encontra de um grupo de caçadores de dragões, e já que tinham um objetivo em comum, e um foco em um bem maior, que era salvar cidades de SEREM ANIQUILIDAS, assim como a sua.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Sagara
Velociraptor
Velociraptor
avatar

Número de Mensagens : 88
Idade : 28
Data de inscrição : 29/05/2009

MensagemAssunto: Re: Tudo sobre os personagens!   Seg Jun 15, 2009 7:30 am

- O Filhote do Escudo -

Drath é filho de Nymbryxion, uma Grande Anciã, também conhecida como "Escudo da Ordem". Após participar das grandes guerras, e antes de adquirir sua sabedoria suprema e consciência voltada a bem de todas as raças, Nymbryxion se uniu em matrimômio a Gixyorn, o Garra de Prata. Durante alguns séculos eles lideraram o clã antigo de Nymbryxion, o Kepesk Rasvim (Tesouro da Tempestade). Já bem próximo da partida de ambos, Nymbryxion dera a luz a um único ovo, do qual nasceu Drathcaex Maekrix conhecido apenas como Drath, que viveu meros 22 anos com seus pais, antes da partida. Há grandes dúvidas que foram deixadas sobre o destino dos anciões, a última posição revelada para seu filhote foi a partida para um permanência no plano elemental do ar, mas depois não fora mais encontrados por lá, muitos dizem que ascenderam, por causa dos meios de sua partida, e outros dizem que se tornaram guardiões, ambas as estipulações vem do fato de que eles devoraram todo o tesouro que os dois possuiam, deixando o covil para seu filhote. O covil apesar de considerado luxuoso e valoroso para muitos, é técnicamente sem valor para um dragão. Nada de ouro ou jóias, mas dúzias de esculturas, salões enormes, uma vasta biblioteca, e muita história gravada em uma arquitetura única, numa estrutura colossal.
Quando se reuniu ao grupo, Drath trouxe a todo o grupo, e permitiu o uso mais aberto de seu covil, como um quartel general, e o covil passou a ser guardados pelos seguidores de Delilah. Ainda há alguns locais sagrados para o dragão no covil, que não tem acesso permitido por ninguém, que fazem parte de sua história.
Com a partida de Nymbryxion e Gixyorn, a liderança do clã foi assumida por Kuulvaysheniruss, até que o herdeiro do Escudo da Ordem tenha idade e sabedoria para disputar tal postura. O clã de uma forma geral desaprova a postura do jovem como um "caçador", comparada a postura de sua mãe, tentando apaziguar todas as raças, mas ainda assim reconhece a existência de um valor em seus ideais, e não permitirá uma injustiça e não negará auxílio mediante a uma necessidade maior.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Bane Reaver
T-Rex
T-Rex
avatar

Número de Mensagens : 275
Data de inscrição : 21/04/2009

MensagemAssunto: Re: Tudo sobre os personagens!   Qua Jun 17, 2009 5:21 pm

Flagelo dos Povos



Yunero era um orc terrível, servo de Lanake, espalhava a destruição onde pudesse. Em sua jornada, encontrou um jovem dragão negro, e ambos se aliaram, o dragão ainda era jovem, mas era uma montaria muito eficaz, e junto com o orc eles eram temidos.
Yunero montou um forte em meio a terras humanas, com vários orcs e goblinóides, ele desafiava os líderes do reino, destruindo vilareijos com a ajuda de Yvnihxus, o dragão.
Um dos vilareijos destruídos foi o de Ullr, mas o meio dragão não sabia, até que um general do exército dos homens recrutou Ullr e seu grupo para a missão de atacar o forte, quando soube a verdade o meio dragão se enfureceu e atacou a fortificação. O dragão foi morto, e Yunero havia desaparecido.


Pele Esverdeada



Do massacre que houve na vila de Lokta ninguém mais sobreviveu, então o gigante seguiu sua vida. Mas parecia que os trolls não gostavam dele, quando começou a se aventurar encontrou um Troll das Cavernas chamado chamado Zarul.
Zarul era uma criatura feroz, tão poderosa quanto o gigante de pedra. Pele esverdeada foi encontrado pelo grupo e Lokta quis enfrentá-lo sozinho. Talvez pela raiva que possuia dos trolls. A batalha foi devastadora, e ambos não tinham condições de continuar. Alguns diziam para eliminar o monstro, mas o que houve foi um duelo, dois homens tinham diferenças e as puseram a prova. A criatura foi deixada no meio do pântano e Lokta foi levado por seus companheiros. O troll nunca perdoou o gigante pela derrota.


Fera Púrpura





Shandar, o deus das feras, foi o criador desses monstros.

Logo que os dragões se rebelaram contra a liderança dos deuses, Shandar convocou Samirah e Nehebkau. No passado, os três deuses em conjunto criaram os dragões. Shandar pôs a culpa da revolta em Nehebkau, acreditando que o deus das serpentes tivesse plantado a idéia de se rebelar nos dragões.

Então, Shandar e Vallari se juntaram e criaram essas criaturas. A idéia era de que superassem os dragões. Eram criaturas com corpos de leões e pele púrpura, possuiam chifres e jubas negras. Eram ferozes e entendiam perfeitamente o comum, mas apenas os mais inteligentes poderiam falar. Eles não tinham o vínculo que os dragões possuiam com magias, mas eram combatentes mais eficazes e possuiam armas de sopro também. Alguns possuiam a capacidade de voar.

Shandar implantou uma memória em cada behemoth, para que eles sempre se lembrem da traição que houve e para que odeiem os dragões. Os mais jovens demonstram ódio cego por todos os dragões, os mais experiente se sentem incomodados mas conseguiriam negociar com dragões sem muitos problemas.

Ashreli era um dos poucos behemoths soltos pelo mundo. Ele era inteligente e podia falar. Possuia um grande ódio por dragões, e soube de um que mantinha um grandiozo covil, Drath.

Ele encontrou o covil e chamou pelo dragão, logo os dois começaram a se enfrentar. Drath era forte mas a batalha passou os limites, os dois destruiram parte do covil. O grupo e os demais habitantes do covil estavam em perigo, então os outros se intrometeram e o behemoth foi expulso do lugar.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Bane Reaver
T-Rex
T-Rex
avatar

Número de Mensagens : 275
Data de inscrição : 21/04/2009

MensagemAssunto: Re: Tudo sobre os personagens!   Qua Jun 17, 2009 5:23 pm

Campeão de Pele Negra



Vanafyr, era um drow que sempre obteve destaque. Guarda de elite dos maiores tesouros drows. Cruel e maligno como a maioria da sua raça, ele se destacou por suas capacidades. Ele era um duskblade.

Entretanto, um ladrão surrupiou artefatos que ele cuidava, e a ira dos drows recaiu sobre ele. Ele perdeu seu posto e seu status, e lhe foi dada a missão de recuperar o item, sob pena de nunca mais poder retornar para seu lar.

O drow adquiriu equipamentos que pudessem auxiliá-lo, e depois de alguns meses encontrou o equipamento nas mãos de um homem rato. Enfurecido, não ofereceu chance de conversas, atacou o monge. Mas o duskblade o subestimou, a batalha foi mais difícil do que parecia. Foi quando Vanafyr utilizou alguma de suas magias, o efeito foi devastador, por pouco o monge não foi atingido, mas o artefato que deveria ser recuperado, foi destruído.

A cólera tomou conta de Vanafyr, e ele jurou vingança contra o homem rato, abandonando a luta.


Horror da Morte



Razor era um servo de Izrail, o próprio deus da morte. Ele usava seus poderes para causar medo e terror a uma pequena cidade. Mortos vivos caminhando no meio da rua eram coisas comuns. A população do lugar não podia deixar suas casas, os poucos que deixavam eram atacados. Não restou sobreviventes no local.

Delilah , Dave, e seus animais cruzaram a cidade e viram a chacina que havia ocorrido, então resolveram buscar justiça, dando cabo do maligno sacerdote. Mas era tarde demais para aquelas pessoas.


Correntes da Ira



Os deuses, sozinhos em suas realidades admiram a vida nos outros planos com diversão. Assim também era a atitude de Nehebkau Deus da Corrupção. Via cada coisa que acontecia em Mater e se divertia ao complica-la da sua forma pessoal com pequenos requintes de crueldade. Não era sua surpresa quando vira um grupo de aventureiros, jovems e destemidos enfrentarem um de seus diabos soltos no plano. Infelizmente seu diabo morreu inutilmente, causando-lhe ira e desgosto ainda mais sendo pelas mãos de uma cria de Lokine. Nehebkau sorriu em sua malevolidade.
vingança? Não, apenas diversão...Ele fora até a alma que havia acabado de chegar em seu plano e a destroçara como uma criança desmonta um boneco, transformara-o em uma criatura mais forte, mais agil, feita para causar ao seguidor de Lokine o que ele menos esperava, a derrota. Ao ser mandado devolta ao mundo o diabo Lexus agora sorria. Envolto em sua armadura e correntes seus olhos brilhavam em busca da vingança por sua derrota humilhante.


Capataz



Gryever era uma criatura única em sua floresta. Ele era um fauno quase sem traços humanos, com pelos sobre todo o seu corpo. Por conta de sua aparência nunca era bem vindo em sua aldeia.

Na floresta, sozinho, encontrou um avatar de Vallari. Ele não sabia dizer o que era, mas sentia uma energia forte vindo daquela mulher. A mulher lhe deu uma missão, dizendo que ele era do jeito que era por um propósito. Que se ele superasse a missão seria igual aos outros, mas se falhasse, ele se tornaria mais animal.

A missão foi difícil e Gryever falhou. Ao retornar a mulher disse que o fauno não se preocupasse, que se ele não fosse bem vindo na floresta que vagasse, pois no reino dos homens seria bem vindo, e transformou o fauno em uma criatura táurica.

Como era de se esperar ele foi rejeitado, e deixou de uma vez por todas aquele povo. Seguiu os conselhos da mulher e foi para o reino dos homens. Foi preso e vendido. A vida ficava cada vez pior. Então, foi jogado com suas armas no meio de uma arena, onde matou para sobreviver. E pela primeira vez se sentiu querido e amado. Demonstrando seu lado mais feroz o tauro foi aceito entre os homens.

Derrotava todos os seus oponentes, era o senhor absoluto da arena, até que seu mestre lhe pediu para realizar uma missão especial, fora da arena, ajudar a trazer um novo campeão. Um ogro de nome Urllock.

O tauro fez bem sua missão e ajudou a carregar a fera. Mas não imaginou que o ogro fosse tão poderoso, e rivalizasse com ele em termos de status. O tauro estava feroz e queria enfrentá-lo, mas o dono da arena nunca iria por seus maiores lutadores um contra o outro. A ira de Gryever aumentava, ele se sentia ridicularizado.

Soube então da fuga do ogro, por alguns dias se sentiu bem, mas logo sentiu um vazio, uma sensação de impotência. Então foi embora também, ia atrás do ogro para enfrentá-lo e provar para si mesmo seu poder.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Katsumi Liqueur
Meio Dragão
Meio Dragão
avatar

Número de Mensagens : 410
Idade : 28
Localização : Aqui! o/
Data de inscrição : 21/04/2009

MensagemAssunto: Re: Tudo sobre os personagens!   Ter Jun 23, 2009 9:11 pm

Nome: Mie
Idiomas: Comum
Raça: Lobo das Estepes
Tendência: N
Tamanho: Enorme
Iniciativa: +7
CA: 33 (P/ médios)
PV: 175

Fortitude: 19
Reflexos: 12
Vontade: 12 (14 contra efeitos e magias de encatamento)

Bônus ataque corpo a corpo: +22

ATRIBUTOS/MODIFICADORES:
> Força: 30/+10
> Destreza: 16/ +3
> Constituição: 20/ +5
> Inteligência: 10/ 0
> Sabedoria: 13/ +1
> Carisma: 10/ 0

TALENTOS:
Iniciativa Aprimora
Prontidão
Rastrear
Arma Natural Aprimorada
Vontade de Ferro

ESPECIAIS:
Visão no escuro 18m
Visão na penumbra
Faro
Imune a Frio
Vulnerável a fogo
Sopro: 4d6 de dano por frio
Mordida Congelante: 1d6 dano por frio
Magias Partilhadas
Evasão
Devoção
Imobilização


"ARMAS":
Mordida 2d8+15 (x2)
Mordida 2d8+10

PROTEÇÃO:
Camisão Cota de Malha Toque Espectral Fortificado [média] (+6)
Coleira da Resistência +5


________________________________

Nome: Ukko
Raça: Grifo
Tendência: N
Tamanho: Enorme
Iniciativa: +4
CA: 35 (P/ médios)
PV: 185

Fortitude: 19
Reflexos: 14
Vontade: 14 (18 contra efeitos e magias de encatamento)

Bônus ataque corpo a corpo: +23

ATRIBUTOS/MODIFICADORES:
> Força: 30/+10
> Destreza: 18/ +4
> Constituição: 20/ +5
> Inteligência: 5/ -3
> Sabedoria: 14/ +2
> Carisma: 8/ -1

TALENTOS:
Ataques Múltiplos
Foco em Arma (Mordida)
Arma Natural Aprimorada
Vontade de Ferro
Trespassar
Arrebatar

ESPECIAIS:
Visão no escuro 18m
Visão na penumbra
Faro
Bote
Rasgar
Magias Partilhadas
Evasão
Devoção


"ARMAS":
Mordida 4d6+10 (x2)
2 garras 1d6+5

PROTEÇÃO:
Camisão Cota de Malha Toque Espectral Fortificado [média] (+6)
Coleira da Resistência +5

_________________
ESTOU SEM COMPUTADOR E COM A CASA EM OBRA, POR ISSO A DEMORA. ¬¬'

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
portuga
T-Rex
T-Rex
avatar

Número de Mensagens : 155
Data de inscrição : 29/04/2009

MensagemAssunto: Re: Tudo sobre os personagens!   Sex Jun 26, 2009 10:55 pm

Nome: Lokta Volterra
Jogador: Daniel
Idiomas: GIGANTE, COMUM, DRACÔNICO
Classe: ladino2/warrior 3/METAMORFO DA GUERRA 5
Raça: gigante de pedra/ licantropo
Tendência: Caótico e Bom
Tamanho: Grande
Sexo: Masculino
Idade: 22
Altura: 3 m
Peso: 600 kg
Olhos: negros
Cabelos: pretos
Pele: ACINZENTADA
Iniciativa: +5+4=+9
CA: 56 (23 toque) (51 surpresa)
PV: 163/[203]
Bônus base de ataque: +7
Deslocamento: 15 m
mod de hab + mod base + outros = total
Fortitude: 15 + 5 + = 20
Reflexos: 7 + 5 + = 12
Vontade: 15 + 2 + = 17

Bônus ataque corpo a corpo: +33
Bônus de ataque a distância: +12


ATRIBUTOS/MODIFICADORES[HOMEM-URSO e URSO MARROM/MODIFICADORES]
> Força: 46/+18 [62/+26]
> Destreza: 18/ +4 [20/+5]
> Constituição: 32/ +11[40/+15]
> Inteligência: 14/ +2
> Sabedoria: 10/ 0
> Carisma: 10/ 0

TALENTOS:
Tolerância
roll with it - livro savage species
extend reach - livro savage species
usar arma exótica - espada bastarda
Empunhadura primata
Ataque poderoso
Steadfest Determination (Player Handbook 2)
iniciaiva aprimorada
roll with it
roll with it
roll with it
roll with it

ESPECIAIS:
AREMESSAR ROCHAS
APANHAR ROCHAS

faro ( funciona como rastrear, detecta criaturas ate 9m; 18 a favor do vento; 4,5 contra, aromas fortes - distância 2 vezes superior, aromas extremos - 3 vezes, para mais detalhes pag:311 livro dos monstros)
visâo no escuro 18m
visâo na penumbra 18m
evasão e encontrar armadilhas
RD 8/- + [RD 10/PRATA +] nas duas formas
alterar forma: urso marrom ou híbrido
Empatia licantrópica

IMUNIDADE MÓRFICA - IMUNE A ATORDOAMENTO E SUCESSO DECISIVO
ARMAS MÓRFICAS
CORPO MÓRFICO
ALCANCE MÓRFICO - CURA ACELERADA 2/ RODADA COMPLETA COM TESTE DE CONCENTRAÇÃO, CURA 10
FORMA INSTANTÂNEA

OBS:
1 - warrior, unerth arcana, pag: 78
2 - skills: sobrevivência, sentir motivaçãor, ouvir, observar, blefar, procurar, ofícios
3 - variant rogue, unerth arcana pag:58, lose sneak attack, gain bonus feat

4 - BOTEI CABELOS PRETOS NO MEU PERSONAGEM POR CAUSA DA LICANTROPIA
5 - TATUAGEM NO PEITO, VIA HISTÓRIA


PERÍCIAS: 82 PONTOS



ARMAS:
Espada ESPADA BASTARDA ADMANTE +4, +35, dano: 4d8+39+2 Dec: 19-20/x2 Velocidade.
GARRAS, +33, DANO: 2D6+26
MORDIDA, +28, DANO: 3D6+39

PROTEÇÃO:
peitoral de mitril +5, LEVE, BONUS DE CA +10, BONUS MÁX DE DES +5, -2 DE PENALIDADE

ITENS:

cinto de força +6
Amuleto da saúde +6
braçadeiras da armadura +8
anel da armadura natural +5
chapeu do disfarce
botas de caminhar e saltar
p.cura fer. mod (6)
anel sustento
Eternal Wand de Aumentar Pessoa
Eternal Wand de ataque certeiro
Eternal Wand de recuo acelerado
mochila
algibeira
corda (15m)
cantil
15 raçoes de viagem
estrepes
bolsa de cola

300 po
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Tudo sobre os personagens!   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Tudo sobre os personagens!
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» Criação de Bio de Personagens Oficiais de Naruto a serem Utilizadas
» Tudo sobre RPG Maker XP
» GOETIA Onde tudo começou
» Pokémon - Aventura nas Nuvens.
» Trabalhando com Winsock Parte 1

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Lizard's Lair RPG :: Play By Forum :: PBFs :: Caçadores de Dragões-
Ir para: