Forum dedicado aos PBFs (Play By Forum) que consiste em jogar RPG via fóruns - Logo por Rafael Capella
 
InícioPortalCalendárioFAQBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se

Compartilhe | 
 

 Necrus

Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4  Seguinte
AutorMensagem
Falk
Deus Dragão
Deus Dragão
avatar

Número de Mensagens : 1207
Interesses : Assistir animes, Jogar RPG, Ouvir Metal e Digitar Histórias
Data de inscrição : 08/12/2008

MensagemAssunto: Re: Necrus   Ter Jan 06, 2009 3:51 pm

Ao ver o que suas atitudes tinham causado, Necrus corre, deixando a sensual Carolee para trás, não foi dificil achar Noele, dava pra saber a direção que ela ia, ouvindo seus passos no chão.
Necrus seguiu ela até o outro lado do corredor, onde ela entrou em um quarto, ao entrar lá, era um quarto bem modesto cheio de livros e estantes, tinha alguns quadros com pinturas de bestas exóticas que Necrus nunca tinha visto, havia tambem uma sacola de couro em cima da escrivaninha e um livro particularmente grande ao lado dele. Noele se senta na cama de costas para a entrada e diz fungando:

- Vocês podem ficar à vontade, eu tenho que descansar e estudar para amanhã...

_________________
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://lizardslairrpg.forumeiros.com
Camilo
Meio Dragão
Meio Dragão
avatar

Número de Mensagens : 485
Idade : 29
Localização : Rio de Janeiro
Data de inscrição : 08/12/2008

MensagemAssunto: Re: Necrus   Ter Jan 06, 2009 11:11 pm

Necrus demonstra pela primeira vez uma expressão diferente. Ele não tem mais o sorrizo no rosto, agora ele demonstra muita preocupação. Ele entra no quarto devagar e vai se aproximando de Noele. Sem falar nada ele senta ao seu lado na cama mas não muito próximo. Então com uma voz muito séria, num tom raramente ouvido antes ele fala:

Diplomacia: +8
Camilo efetuou 1 lançamento(s) de dados D20 (Imagem não informada.) :
20

- Me desculpe Noele. Eu não queria que você ficasse triste. Tudo oque eu queria é que todos ficassem contentes. Talvez eu tenha me deixado levar por alguns goles de vinho, pelo calor do momento...

Necrus engole seco e fica em silêncio por uns segundos pensando em algo para dizer que pudesse redimí-lo. Mas ele havia cometido um grande erro. Então desesperançoso ele levanta-se e diz:

- Desculpe-me acabar com nossa noite deste geito. Eu só espero que um dia você possa me perdoar... Agora eu vou voltar para o quartel, te vejo amanhã...

Necrus sai e para por um instante no porta do quarto. Ele abaixa a cabeça e segue na direção da saída.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Falk
Deus Dragão
Deus Dragão
avatar

Número de Mensagens : 1207
Interesses : Assistir animes, Jogar RPG, Ouvir Metal e Digitar Histórias
Data de inscrição : 08/12/2008

MensagemAssunto: Re: Necrus   Qua Jan 07, 2009 11:20 am

Assim que Necrus senta ao lado de Noele, ela esfrega o antebraço vagarosamente nos olhos, provavelmente enxugando algumas lágrimas, ela então fica olhando para o colchão, com um semblante ao mesmo tempo triste e envergonhado. Mas conforme Necrus ia proferindo suas palavras de efeito, ela ia levando seu olhar pouco a pouco até Necrus. Quando Necrus ficou em silencio, Noele já estava encarando-o com o olhar baixo, esperando que ele ainda disse alguma coisa. Então Necrus se levanta e Noele abaixa sua cabeça novamente, seus lábios mechiam, mas ela não dizia nada, mas quando Necrus acaba de falar e a pequena elfa percebe que ele iria embora, ela segura a mão esquerda de Necrus com as duas mãos pequenas e frágeis e diz com um olhar perdidamente apaixonado:

- E-espere... E-eu... Gosto muito de você...

Seus olhos se enchem de lágrimas lentamente, mas ela não as interrompem, parecia que estava sendo extremamente dificil para ela dizer aquelas coisas, ela então continua, acariciando levemente a mão de Necrus com os seus polegares, olhando-a totalmente corada e com a voz bem baixinha:

- Você me faz sentir bem... E-eu não quero ficar mal com você...

Ela funga levemente e com um pouco de dificuldade ela ergue o olhar até os olhos de Necrus, fica perdida nele por alguns instantes e logo após desvia o olhar continuando:

- Mas eu não quero que me diga nada sobre isso, só te peço que...

Ela hesita em falar o pedido, e subitamente larga a mão de Necrus dizendo enquanto abaixa a cabeça:

- Eu não tenho o direito de te pedir nada... Desculpe... E-eu não estou mas triste... Eu acho que entendi o seu lado...

_________________
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://lizardslairrpg.forumeiros.com
Camilo
Meio Dragão
Meio Dragão
avatar

Número de Mensagens : 485
Idade : 29
Localização : Rio de Janeiro
Data de inscrição : 08/12/2008

MensagemAssunto: Re: Necrus   Qua Jan 07, 2009 12:32 pm

Necrus percebe os sentimentos da pequena e frágil Noele, vê que aquilo não era apenas uma paixão de adolescente. Ele fica profundamente comovido com aquilo e sente que deveria tratar Noele de uma forma diferente de agora em diante. A futura missão aproximaria muito eles.

Ele volta até perto de Noele e lhe da um beijo na testa. Então passa a mão levemente pelo seu rosto e diZ:

- Não quero que chore, não há necessidade. Descance para a viagem, eu vou indo.

Então Necrus dá seu grande sorrizo e abre os braços falando:

- Prepare-se, teremos uma viagem muito divertida!. E pode deixar que eu sei o caminho. Com sua licença, senhorita?

Ele curva-se fazendo uma reverência e dá um salto para trás, sumindo pelo corredor. Depois se despede de Silos e segue para seu alojamento.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Falk
Deus Dragão
Deus Dragão
avatar

Número de Mensagens : 1207
Interesses : Assistir animes, Jogar RPG, Ouvir Metal e Digitar Histórias
Data de inscrição : 08/12/2008

MensagemAssunto: Re: Necrus   Qua Jan 07, 2009 1:18 pm

Noele dá um sorriso timido quando Necrus a toca e beija sua testa, veio na mente de Necrus que uma garota que nem ela provavelmente nunca tinha se relacionado com homem nenhum, e que provavelmente aquele beijo que ele deu nela anteriormente fora o seu primeiro.
Ao ouvir as instruções de Necrus, ela faz um gesto de afirmativo com a cabeça e fica observando ele se afastar com um sorriso verdadeiro na face, quando necrus promete bastante diversão na missão ela ri contidamente e diz fungando e limpando um dos olhos com as costas das mão:

- É... Vai ser muito legal... Então... Até amanhã

Necrus sai da mansão, no caminho encontra alguns empregados que encaravam ele com desconfiança, alguns nem eram da provincia das trevas, por isso a iluminação do lado de dentro.
No Hall Necrus encontra Silos, de quem se despede, ele sem muita emoção pergunta:

- Porque está saindo sozinho cavalheiro? E onde está aquela senhorita que chegou com o senhor?

_________________
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://lizardslairrpg.forumeiros.com
Camilo
Meio Dragão
Meio Dragão
avatar

Número de Mensagens : 485
Idade : 29
Localização : Rio de Janeiro
Data de inscrição : 08/12/2008

MensagemAssunto: Re: Necrus   Qua Jan 07, 2009 1:31 pm

- Eu estava conversando com Noele e disse que não precisava me trazer até a porta então deixei-a em seu quarto. Quanto a Carolee eu não sei.

Então ele dá uma risada contida e diz:

- Mas eu me preocuparia em achál-a logo se fosse você. Ela deve estar dando uma olhada pela mansão.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Falk
Deus Dragão
Deus Dragão
avatar

Número de Mensagens : 1207
Interesses : Assistir animes, Jogar RPG, Ouvir Metal e Digitar Histórias
Data de inscrição : 08/12/2008

MensagemAssunto: Re: Necrus   Qui Jan 08, 2009 1:39 pm

O membro 'Falk' realizou a seguinte ação: Dados

'D20' : 17

_________________
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://lizardslairrpg.forumeiros.com
Falk
Deus Dragão
Deus Dragão
avatar

Número de Mensagens : 1207
Interesses : Assistir animes, Jogar RPG, Ouvir Metal e Digitar Histórias
Data de inscrição : 08/12/2008

MensagemAssunto: Re: Necrus   Qui Jan 08, 2009 1:54 pm

Silos dá uma longa olhada em Necrus, estava um pouco desconfiado, observou-o da cabeça aos pés, após a observação panoramica pelo corpo do elfo, ele volta a olhar nos olhos de Necrus e diz:

- Então, tenha uma boa noite cavalheiro

Ele abre a porta dupla de ferro da mansão, que abria para dentro e fica adjacente ao caminho em uma curta reverencia.
____________________________________________________________________________

Necrus se encaminha para o seu alojamento no quartel, no caminho não encontrou nada de diferente, lugares quietos, sem cores e mortos.
O alojamento estava relativamente vazio, afinal os elfos costumavam meditar mais tarde, já que passavam menos tempo em descansando. Antes de entrar em transe Necrus ficou com a expectativa do dia seguinte na mente, era inevitavel a ansiosidade, já que iria sair finalmente daquela província morta e conhecer o mundo lá fora.
Necrus finalmente despertou do seu transe, ao recuperar os sentidos da visão, ele percebeu o alojamento cheio de elfos meditando, provavelmente ainda não estava na hora de voltar ao batente.
O elfo tratou de se arrumar e pegar uma carruagem do quartel, ainda estava meio escuro, mas parecia que estava prestes a amanhecer, um friozinho costumeiro dessa hora estava no ar, o guia já estava esperando a chegada de Necrus, e dentro da carruagem já estava Noele, lendo tão entretidamente o livrão que Necrus tinha visto no quarto dela que a elfa nem percebeu sua aproximação, no acento ao lado dela, havia uma mochila de couro relativamente vazia.

_________________
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://lizardslairrpg.forumeiros.com
Camilo
Meio Dragão
Meio Dragão
avatar

Número de Mensagens : 485
Idade : 29
Localização : Rio de Janeiro
Data de inscrição : 08/12/2008

MensagemAssunto: Re: Necrus   Qui Jan 08, 2009 2:18 pm

Necrus olha sorridente para o elfo da carroagem e o salda:

- Bom dia, senhor! Espero que tenhamos uma ótima viagem!

Diplomacia: +8
Quantidade aleatória (1,20) :
10

Ele procura ser o mais amigável possível. Então ao entrar na carroagem ele se depara com Noele, e diz:

- Bom dia Noele! Descançou bastante? Precisaremos de todas nossas energias nessa viagem!

Então ele olha o livro e faz cara de espantos:

- Ops. Você está estudando, não é? Desculpe te interromper. Pode continuar...

Ele fala isso dando uma breve observada no conteúdo do livro. e então pensa consigo.

"Ela estuda bastante, deve ser bem inteligente."
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Falk
Deus Dragão
Deus Dragão
avatar

Número de Mensagens : 1207
Interesses : Assistir animes, Jogar RPG, Ouvir Metal e Digitar Histórias
Data de inscrição : 08/12/2008

MensagemAssunto: Re: Necrus   Qui Jan 08, 2009 4:47 pm

O homem da carruagem estava totalmente coberto por um capuz, ao ser saudado por Necrus, ele que estava olhando para frente, vira sua cabeça na direção do elfo e diz com uma voz rouca e sussurrada:

- Bom dia... Parece que hoje não me fizeram esperar muito.

Noele estava muito distraída lendo o seu livro, só percebeu a presença de Necrus quando ele falou, ela virou os olhos na direção dele com um sorriso ameno e dizendo gentilmente:

- Err... Bom dia Necrus, eu descansei muito bem, obrigada... E você... Err... Parece bem disposto...

Ela abaixa a cabeça um pouco envergonhada e diz:

- Não tive tempo de estudar, despertei bem em cima da hora, não se importa se eu ficar lendo alguns minutos, não é?

Necrus espichou os olhos para as páginas do livro dela, estava repleto de palavras que não faziam sentido, mas o alfabeto era o élfico.
O carruageiro bate as rédeas nos dois cavalos leves que estavam presos a carruagem, partindo assim com ela, assim que cruzam os portões do quartel, Necrus ouve a trombeta ao longe, o dia estaria amanhecendo acima daquela cortina negra sob o céu, e os soldados deveriam despertar agora
_________________________________________________________________________________________________

Após alguns minutos de viagem pela quieta província das trevas, eis que Necrus atravessa os portões da província pela primeira vez, a sensação não foi nada boa, uma luz extremamente forte deixou sua visão toda branca por uns instantes, ela foi voltando aos poucos, mas mal conseguia ficar com os olhos abertos, aquela luz era insuportável... Noele esfregava os olhos gemendo, e fechou o seu livro dizendo:

- Ah, que horrível, nem consigo ler!

O carruageiro diz apontando à frente:

- As outras províncias foram mais ligeiras que nós, já estão aqui...

Ao olhar na direção com a vista bastante ofuscada, Necrus viu duas carruagens, uma com o símbolo da província do fogo e outra do ar, no centro haviam elfos reunidos, Necrus não pode ver muito bem como eram daquela distancia com a vista ofuscada, mas ouvia uma voz feminina e meia infantil tagarelando bem alto:

- A piada 70 é maaaaais fooooda! Vamos! Vamos! Leia ela para mim Gal!

Ela parecia estar estendendo alguma coisa para um dos elfos

_________________
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://lizardslairrpg.forumeiros.com
Camilo
Meio Dragão
Meio Dragão
avatar

Número de Mensagens : 485
Idade : 29
Localização : Rio de Janeiro
Data de inscrição : 08/12/2008

MensagemAssunto: Re: Necrus   Sex Jan 09, 2009 3:14 pm

Necrus se deparar com a iluminação que o ofusca na saída da província das trevas.

- Arg! Eu sabia que aqui era iluminado, mas nem tanto! Imagina na província da luz, la agente deve até ficar cego! A nossa sorte é que depois de um tempo anoitece, aí agente concegue enchergar melhor.

Necrus espera a carruagem se aproximar do local e diz:

- Bom, foi uma ótima viagem, muito obrigado, senhor!

Então ele desce e estende a mão para Noele apoiar-se na descida, dizendo:

- Venha Noele, vamos conhecer o resto do grupo.

Ele segue na diração do grupo de elfos, com seu grande sorrizo no rosto e os olhos quase fechados pelo encômodo da luz tenta observar as patentes de todos ali e diz:

- Olá, Como vão? Eu sou Necrus e esta é Noele.

Diplomacia: +8
Quantidade aleatória (1,20) :
7

Ele fala isso indicando a elfa ao seu lado com a mão, tentando ser bem amigável e continua:

- Aqui é bem clarinho, né?
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Falk
Deus Dragão
Deus Dragão
avatar

Número de Mensagens : 1207
Interesses : Assistir animes, Jogar RPG, Ouvir Metal e Digitar Histórias
Data de inscrição : 08/12/2008

MensagemAssunto: Re: Necrus   Sex Jan 09, 2009 7:15 pm

O Carruageiro apenas faz um sinal de positivo com a cabeça com o agradecimento de Necrus. Noele tateia o acento ao seu lado, tentando achar a mochila, ela põe seu grande livro lá dentro e põe as mochila nas costas, ela dá um gemido de esforço e pega a mão de Necrus para descer da carruagem, dizendo:

- Obrigada

Noele estava andando encurvada, parecia que aquela mochila era muito peso para ela, apesar de estar tão vazia.
Ao se aproximar do grupo, e cumprimenta-los, Noele faz um reverencia quando seu nome é mencionado. Necrus logo identifica o tal do sargento, um elfo do fogo bem alto e parrudo, ele estava ignorando um livrinho que a outra elfa do fogo estendia pra ele, tinha cabelos cor de vinho curtos, na altura do nariz, olhos vermelhos e todo um jeitão bruto, ele estava usando a farda vermelha da província do fogo, tinha uma grande mochila nas costas que ao contrario da de Noele não estava parecendo pesar muito, ele tinha um sabre na cintura, um arco longo cruzado no torso, uma aljava de flechas nas costas e um escudo grande de metal nas costas.
A elfa do fogo parecendo ser bem animada e bastante jovem, foi a única que sorriu com a chegada de Necrus



Ela tinha uma espada bastarda na cintura, completamente enferrujada, um escudo grande de metal nas costas tambem em petição de miséria, ferrugem pura, em seu cinto haviam uma série de adagas presas, estas não estavam enferrujadas, pareciam até novas, estava usando tambem a farda da província
Existia tambem um elfo do ar com aspceto sério, com um oculos na face, ele não estava com a farda, estava com um colete preto por cima de uma camisa social branca, e uma gravata vermelha, ele tambem estava com calças e sapatos sociais, roupas totalmente humanas, possivelmente um disfarce, talvez tambem fosse um arcano como Noele, já que não parecia estar usando armadura e nem armas.



E finalmente havia uma elfa do ar com um semblante esnobe, ela encarou Necrus e fez uma reverencia com a cabeça, voltando a olhar para o horizonte ao lado, ela tinha uma espada longa e outra curta na cintura e um arco longo nas costas, usava uma mochila tão cheia quanto a do sargento e não estava de farda, assim como seu companheiro de oculos, ela estava com uma camisa e uma saia longa até o meio das canelas, ambas verdes, ela tambem usava botas de canos longos, não deixando visivel nenhuma parte da perna



O Curioso nesta elfa, era que suas mãos tremiam um pouco, provavelmente estava nervosa.
A elfa do fogo observa Necrus da cabeça aos pés e diz:

- Hmmm, que bonitão... Mas porque você tem os olhos tão pequenininhos?

O Sargento vira as costas e diz andando até a construção mais a frente dizendo:

- Vê se não chateia eles tambem Ellennie, vamos logo tratar da burocracia, já que todos estão aqui

_________________
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://lizardslairrpg.forumeiros.com
Camilo
Meio Dragão
Meio Dragão
avatar

Número de Mensagens : 485
Idade : 29
Localização : Rio de Janeiro
Data de inscrição : 08/12/2008

MensagemAssunto: Re: Necrus   Sex Jan 09, 2009 11:40 pm

Após observar de perto seus futuros aliados, Necrus fica muito interessado em conhecer esses elfos de outras províncias. Além de gostar muito de conhecer pessoas novas Necrus já estava farto de toda aquela depressão da província das trevas. Talvez esteselfos fossem mais animados. Esse pensamento se reforça quando ele vê a reação da elfa do fogo. E quanto aos elfos do vento, ele parece, como sempre, agir como se não notasse o ar de esnobe.

Então ele com seu grande sorriso responde à pergunta da elfa do fogo:

- Hehehe. Meus olhos não são pequenos, é este lugar aqui que é muito claro! Vocês parecem não se incomodar com isso!

Após a palavra do sargento Necrus o segue dizendo:

- Sim, senhor!

Com um tom de entusiasmo. Então ele chama Noele para vir ao seu lado e cuchicha ao seu ouvido:

- E então? O que achou desse pessoal?
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Falk
Deus Dragão
Deus Dragão
avatar

Número de Mensagens : 1207
Interesses : Assistir animes, Jogar RPG, Ouvir Metal e Digitar Histórias
Data de inscrição : 08/12/2008

MensagemAssunto: Re: Necrus   Sab Jan 10, 2009 10:16 am

Necrus chama Noele para andar ao seu lado, esta estava quase fechando os olhos realmente, o semblante de sofrimento estava estampado em sua face. Ela anda até o lado de Necrus, e esbarra o seu ombro no cotovelo de Necrus, o elfo tem que se abaixar para alcansar o ouvido daquela elfa nanica, Noele responde esfregando os olhos com o pulso:

- Eu acho que...

Quando ela olha para seu outro lado, lá estava incovenientemente a elfa do fogo, chegando seu ouvido perto de Noele, como se fosse uma convidada a ouvir um segredo, Noele não completa e fica encarando a estranha elfa do fogo com alguma curiosidade, ao perceber que estava sendo encarada, a elfa dos cabelos cor de vinho diz sussurrando:

- Pode dizer, brotinho de feijão, sou toda ouvidos!

O grupo entra no prédio de assuntos externos, o sargento do fogo se vira para os demais e diz meio de má vontade:

- Tudo bem, estamos para começar a parte chata... Vocês que estão saindo pela primeira vez da cúpula vamos criar a papelada de posse de armas, pois vocês sabem que para passar nos portões com armas só assim... Ah! E não se esqueçam de trocar o dinheiro de vocês pelas notas de lá, não é permitido usar nossas moedas com humanos

Ali era um salão, onde haviam cadeiras nas paredes, um balcão com um elfo da terra sentado atrás, este balcão fica bem na parede oposta a entrada, à direita do balcão haviam uma escadaria que subia, ali tinha um elfo da luz com semblante sério, parecendo fazer a guarda, e finalmente na parede a direita havia uma janela onde estava escrito câmbio, por detrás da janela de vidro liso, havia uma elfa do fogo lixando a unha.

_________________
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://lizardslairrpg.forumeiros.com
Camilo
Meio Dragão
Meio Dragão
avatar

Número de Mensagens : 485
Idade : 29
Localização : Rio de Janeiro
Data de inscrição : 08/12/2008

MensagemAssunto: Re: Necrus   Sab Jan 10, 2009 12:14 pm

- Tá bem então. Eu tenho algumas adagas, e esse bordão, mas isso não é necessariamente uma arma, né? E enquanto isso eu vou logo trocando as minhas moedas.

Ele dirige-se até a janela de vidro e olha para a elfa, com um grande sorriso:

- Olá, Bom dia! Você poderia trocar isso pra mim.

Então ele fica aguardando ancioso pra ver como seriam essas tal notas que o sargento falou. Enquanto espera, Necrus observa tudo atentamente a sua volta, apesar de sua visão estar fraca naquela luz. Ele olha para dentro da sala da elfa debruçando-se sobre a janela, mas contidamente, tentando disfarsar seu interesse.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Falk
Deus Dragão
Deus Dragão
avatar

Número de Mensagens : 1207
Interesses : Assistir animes, Jogar RPG, Ouvir Metal e Digitar Histórias
Data de inscrição : 08/12/2008

MensagemAssunto: Re: Necrus   Dom Jan 11, 2009 11:48 am

O Sargento olha para o bordão de Necrus e diz após ponderar um pouco:

- Hmmm, não sei se vão encrencar com isso, mas por vias das dúvidas façamos documento pra isso tambem

O Sargento pega apenas as armas de Necrus, Noele não tinha armas e parece que para todo o restante não havia necessidade, talvez já haviam feito antecipadamente ou talvez não fosse a primeira vez deles fora da cúpula.
O Sargento fala com o elfo da terra que estava atrás do balcão e logo após sobe as escadas.
Necrus vai trocar seu dinheiro, a elfa do fogo distraidamente averiguava se sua unha precisava de mais lixa, até que Necrus pronuncia a palavra, ela olha para ele e depois sorri simpáticamente, dizendo:

- Oi, bom dia, em que posso ser útil?

A cotação do Crystal, moeda de Datan, estava em um pergaminho colado na parede: 1PO = 2 Crystais

_________________
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://lizardslairrpg.forumeiros.com
Camilo
Meio Dragão
Meio Dragão
avatar

Número de Mensagens : 485
Idade : 29
Localização : Rio de Janeiro
Data de inscrição : 08/12/2008

MensagemAssunto: Re: Necrus   Dom Jan 11, 2009 12:56 pm

Necrus pega sua algibeira e coloca sobre o balcão.

- Eu vou trocar tudo.

Após esta simples frase ele aguarda até receber o dinheiro e então fala para Noele:

- Não vai trocar também? Agente vai precisar de dinheiro para comer e beber, né?

Então ele olha pro restante do grupo e continua:

- E vocês? Vocês já trocaram?

Após receber os cristais Necrus os avalia cuidadosamente, com muita curiosidade. Ele acha um pouco estranho aquilo valer algo. Mas tem maluco pra tudo, né?
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Falk
Deus Dragão
Deus Dragão
avatar

Número de Mensagens : 1207
Interesses : Assistir animes, Jogar RPG, Ouvir Metal e Digitar Histórias
Data de inscrição : 08/12/2008

MensagemAssunto: Re: Necrus   Dom Jan 11, 2009 1:53 pm

Noele estava meia deslocada naquele lugar, permanecia ao lado de Necrus o tempo todo, enquanto tentava observar bastante do ambiente a sua volta, mesmo estando com os olhos quase fechados.
A Elfa do fogo, pega a algibeira de Necrus e diz bastante prestativa:

- Tudo bem senhor! Só um momento, ok?

Ela começa a contar as moedas rapidamente, quando Noele foi indagada ela respondeu após esfregar os olhos com o pulso mais uma vez:

- Sim, eu vou trocar, mas tenha cuidado com este dinheiro, porque eu li um livro dizendo que ele rasga a toa.

Ao indagar os demais sobre o dinheiro o elfo de óculos ajeita-os em sua face e diz com a voz calma:

- Antes de vocês chegarem, nós dois já trocamos nosso dinheiro

Enquanto isso a elfa do ar começou a andar para a saída dizendo:

- Com licensa, eu vou esperar lá fora

A elfa do fogo que ia com o grupo estava em frente ao balcão do elfo da terra, mechendo em tudo que estava sobre ele, e perguntando vigorosamente o que cada coisa fazia, até mesmo canetas e papeis, parecia que estava fazendo isso apenas para irrita-lo mesmo, ela estava debruçada sobre o balcão com suas grandes ancas empinadas para trás, o elfo da terra parecia que estava para perder a paciencia.
Finalmente o dinheiro de Necrus é trocado, a elfa do fogo entrega uma série de papéis para Necrus, cada papel parecia valer uma certa quantidade, tinham 6 notas que estavam escritas 100, uma nota escrita 20, outra escrita 10 e duas escritas 1, todas elas eram verdes e brancas, com a figura de um humano de óculos na frente e atrás um logotipo estranho, escrito "Empresas Ravel" em Datanes.
Noele dá uma algibeira gorda para a elfa do fogo e diz com a voz meia para dentro:

- Troque tudo, por gentileza...

Quando a elfa do fogo abriu para contar as moedas, arregalou os olhos, ao ver que ela estava cheia de moedas de platina até a boca, Noele parecia um pouco incomodada com aquilo, ela olhava para os lados nervosa

_________________
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://lizardslairrpg.forumeiros.com
Camilo
Meio Dragão
Meio Dragão
avatar

Número de Mensagens : 485
Idade : 29
Localização : Rio de Janeiro
Data de inscrição : 08/12/2008

MensagemAssunto: Re: Necrus   Seg Jan 12, 2009 5:00 pm

Necrus arregala os olhos ao ver a agibeira de Noele. Ele sabia que ela era rica, mas não imaginava que ela fosse levar tanto dinheiro a uma missão. Mas então ele pensa por um segundo e diz, sussurando no ouvido de Niele:

- Você veio bem preparada, em! Normalmente eu acharia exagero, mas pensando bem... Você poderia encontrar alguma coisa legal por lá, né? Aí ia querer comprar e precisaria de bastante dinheiro. Mas acho que seria seguro você manter isso bem escondido.

Após dito isso, ele disfarça olhando a volta, e espera até que o sargento volte com suas armas.

Blefar: +8
Quantidade aleatória (1,20) :
1

Necrus está bastante ancioso, é a primeira missão importante dele, e a primeira vez que ele sai de sua província. E de cara, já vai para a grande cidade dos humanos, Datan. Foi sorte ele ter estudado bem o datanês, isso sera bem útil agora. Ele começa a imaginar se não tivesse o feito. Ali todos devem saber falar bem o datanês, exceto pela garota da nação do fogo que parece ser bem jovem. Mas ela também já deve ter saído da cúpula. Ele estranha o estado dos equipamentos dela e resolve dar uma avaliada se ela seria algum tipo de guerreira, ou se isso seria uma faxada.

Sentir motivação: +10
Quantidade aleatória (1,20) :
7

OFF: é necessário ficar rolando os dados? eu to fazendo isso pq eu vi neguinho fazer.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Falk
Deus Dragão
Deus Dragão
avatar

Número de Mensagens : 1207
Interesses : Assistir animes, Jogar RPG, Ouvir Metal e Digitar Histórias
Data de inscrição : 08/12/2008

MensagemAssunto: Re: Necrus   Ter Jan 13, 2009 10:22 am

Depois de algum tempo juntando notas, a elfa do fogo suspira em alívio e finalmente entrega um bolão de notas para Noele, ela sorri um pouco sem jeito e diz cochichando para Necrus:

- Existem algumas coisas que eu gostaria de comprar por lá, e esta pode ser minha única oportunidade

Ao ficar encarando a tal de Ellennie, observando o estado de seus equipamentos, dava muito a entender que aquilo era apenas uma fachada, talvez apenas para assustar os inimigos, provavelmente ela nem saberia usar aquilo direito, o jeito em que ela se movia demonstrava algum tipo de suavidade, apesar de sua atitude escandalosa, era realmente muito dificil decifrar qual seria a função dela, pela armadura debaixo da farda e pela falta de sensatez, ela com certeza não era uma conjuradora plena, pelo seu tamanho e armas em petição de miséria, não tinha jeito de ser nenhuma combatente plena, porem ela tinha todo o jeito de ser uma barda, porem não carregava nenhum tipo de instrumento, mas provavelmente esta era sua função. Enquanto Necrus observava-a, ela sentou sobre o balcão do elfo da terra, cruzando as pernas e balançando uma delas impacientemente, ao perceber que Necrus a espiava ela deu um sorrisinho e fez um aceno com a mão.
O sargento já descia as escadas com as armas de Necrus, ele entregou-as para o elfo das trevas e logo após seus respectivos documentos, estavam escritos em Datanes e atestavam a posse das armas por alguem com as descrições físicas de Necrus...
O sargento fica parado esperando que Necrus acabe de ver os documentos e diz:

- E então soldado, alguma dúvida?

_________________
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://lizardslairrpg.forumeiros.com
Camilo
Meio Dragão
Meio Dragão
avatar

Número de Mensagens : 485
Idade : 29
Localização : Rio de Janeiro
Data de inscrição : 08/12/2008

MensagemAssunto: Re: Necrus   Ter Jan 13, 2009 1:34 pm

Necrus pega as armas e os papéis e em seguida diz:

- Não, senhor.

Então dobra os papéis e os coloca em sua mochila. Depois guarda suas armas pelo corpor, tentando mantê-las escondidas. E faz o mesmo com sau dinheiro, para evitar furtos.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Falk
Deus Dragão
Deus Dragão
avatar

Número de Mensagens : 1207
Interesses : Assistir animes, Jogar RPG, Ouvir Metal e Digitar Histórias
Data de inscrição : 08/12/2008

MensagemAssunto: Re: Necrus   Qua Jan 14, 2009 10:12 am

O Sargento suspira e diz:

- Bem, vamos partir en...

Então foi que subtamente, Ellennie pula no sargento por trás, cruzando seus braços no pescoço dele e suas pernas em sua cintura, ela diz com um sorriso infantil:

- Gal! Você demorou demais! Castigo: 10 minutos sem respirar!

Pelo semblante dela, aquilo parecia uma brincadeira, mas do jeito que a cara do sargento estava ficando roxa, não parecia... O Elfo do ar olhou aquilo apreensivo e disse tomando uma posição ofensiva:

- O que é isso?!

O Sargento leva suas mãos até as axilas da elfa, segura-as com força e dá um arrancão com um força absurda, jogando Ellennie por cima de sua cabeça para frente, a elfa gira no ar com uma acrobacia e cai no chão agachada com um grande sorriso malicioso, o sargento fica ofegante por alguns instantes e diz ao recuperar o ar:

- Ellennie!! Não vou tolerar mais atitudes como esta, da próxima vez...

A elfa sai correndo do lugar dando risadas, parecia não levar nada a sério, o elfo do ar estava chocado e disse:

- Sargento, se me permite a pergunta, mas porque alguem como ela foi selecionada para uma missão importante como esta?

O Sargento ajeitava sua farda enquanto dizia:

- Ela tem o seu valor, apesar de sua juventude e excesso de insensatez, ela é até mais capaz do que eu...

Noele observou toda a cena com olhos arregalados, não ousou dizer nada, apenas ficou ao lado de Necrus, bastante apreensiva.
O Sargento percebeu as expressões das pessoas ali e disse:

- Qualquer coisa que tenham a dizer, digam agora, do contrário vamos partir

_________________
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://lizardslairrpg.forumeiros.com
Camilo
Meio Dragão
Meio Dragão
avatar

Número de Mensagens : 485
Idade : 29
Localização : Rio de Janeiro
Data de inscrição : 08/12/2008

MensagemAssunto: Re: Necrus   Qui Jan 15, 2009 2:45 pm

Necrus diz entusiasmado:

- Estou pronto para ir, senhor! Por onde nós sairemos, por qual província?

Ele sabe que para sair da cúpula teria que passar por qualquer outra província que não fosse a das trevas. Pois caso contrário, averiam muitos viajantes passando por lá. Então começa a imaginar quais seriam os lugares por onde passariam?
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Falk
Deus Dragão
Deus Dragão
avatar

Número de Mensagens : 1207
Interesses : Assistir animes, Jogar RPG, Ouvir Metal e Digitar Histórias
Data de inscrição : 08/12/2008

MensagemAssunto: Re: Necrus   Sex Jan 16, 2009 10:33 am

O sargento faz um sinal de positivo e disse caminhando para o lado de fora:

- Província do fogo...

Ele foi seguido pelo elfo do ar, Noele segurou de leve o braço de Necrus, impedindo que ele avançasse, e disse totalmente chocada quando eles saem:

- Necrus, esta elfa do fogo é perigosa, ela é como um animal selvagem, por favor, tenha cuidado com ela.

Do lado de fora, todos já estavam em uma charrete maior, de onde se ouvia os risos escandalosos de Ellennie, ela havia recrutado o elfo do ar para ler o livro de piadas que ela carregava, o elfo lia de bastante má vontade, sem nenhuma perícia em ler piadas, mas mesmo assim ela ria que nem criança.
O grupo seguiu viagem pela provincia do fogo, onde fazia um calor insuportável, todos alem dos elfos do fogo pareciam estar derretendo de suor, quanto mais se aproximava do centro mais calor fazia, a província parecia ser bem animada, era gente rindo e falando alto toda hora, sem falar que ali os elfos pareciam mais saudáveis do que os elfos de outras províncias, tinham a pele morena, cabelos cor de vinho e olhos vermelhos. Ellennie cumprimentava um monte de gente no caminho, com acenos esparefatosos e gritos escandalosos, todos cumprimentavam de volta no mesmo estilo.
Depois de cerca de meia hora a província se torna uma grande planície de terra batida, o sargento desce da carruagem instruindo que todos os soldados tambem o fizessem, ele puxa com todo o cuidado de dentro de sua farda, uma adaga negra, com ela, o elfo estoca o ar a sua frente na direção da planície, parecia até que ele tinha acertado alguma coisa, ele então faz força e vai "Rasgando" para baixo, até o chão, simplesmente abrindo um corte no ar a frente de todos, dentro da "ferida" se via uma realidade totalmente diferente, muito vento e areia, Ele puxa uma das extremidades do corte e faz menção que todos passem, dizendo:

- Passem, e NÃO deem mais de dois passos alem deste corte

Noele observava aquilo totalmente maravilhada

_________________
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://lizardslairrpg.forumeiros.com
Camilo
Meio Dragão
Meio Dragão
avatar

Número de Mensagens : 485
Idade : 29
Localização : Rio de Janeiro
Data de inscrição : 08/12/2008

MensagemAssunto: Re: Necrus   Sex Jan 16, 2009 4:30 pm

Necrus fica encantado com a província do fogo, observa tudo com muita curiosidade, apesar do desconforto duplo pelo calor e a claridade. Ele pensa que ali deveria ser seu lugar, e não na província das trevas. Mas se ele nasceu onde nasceu, talvez ele tivesse um propósito, talvez ele conseguisse mudar a mente de seus conterrâneos.

Ao chegar na saída da cúpula Necrus fica espantado. Por isso é tão difícil entrar ou sair quem quer que seja. De outra forma as províncias poderiam estar destruídas assim como grande parte do mundo.

Ele passa pela fenda trazendo Noele consigo, e logo que chega ao lado de fora, trata de cobrir-se com um capuz para se proteger do vendo, e também usa seu capuz mágico para se transformar em um humano, bem semelhante a ele mesmo, para não causar confusão.

Ele puxa Noele para perto e diz próximo ao ouvido dela, para que o vento não atrapalhe:

- Eu espero que essa viagem não dure muito! Quero chegar logo a Datan!

Então aguarda todo o grupo passar e pergunta ao sargento:

- Em que formação vamos progredir, senhor?
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Necrus   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Necrus
Voltar ao Topo 
Página 2 de 4Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4  Seguinte

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Lizard's Lair RPG :: Play By Forum :: PBFs :: A Ascenção-
Ir para: